Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \25\UTC 2012

O post de hoje é sugestão do leitor Jorge G., de Portugal. (Obrigada, Jorge!)
Jorge se lembrou das relações e coincidências nas histórias de Simone de Beauvoir e da escritora e jornalista norte-americana Mary McCarthy (1912-1989), que se conheceram durante a viagem de Simone aos EUA, em 1947. Até onde consegui pesquisar, elas tinham relações cordiais, até que foi publicado L’Amérique au jour le jour, em 1948. No livro, Simone relata sua experiência de viagem e suas opiniões sobre os norte-americanos. Mary não gostou nada do que leu, e adotou uma postura furiosa contra Simone. Uma das conexões que Jorge G. aponta é entre as fotos abaixo:

Mary McCarthy nos anos 1940. Foto: Sylvia Salmi

Simone de Beauvoir, Chicago, 1950. Foto: Art Shay.

Diz Jorge G:
Quanto a ligações e coincidências:
– títulos muito parecidos: McCarthy publica “Memórias de uma Menina Católica” [original em inglês, Memoirs of a Catholic Gilrhood publicado em 1957] e Beauvoir lança “Memórias de Uma Rapariga Bem Comportada” [original em francês, Mémoires d’une jeune fille rangée, publicado em 1958];
– McCarthy critica sarcasticamente o livro de Beauvoir A América Dia a Dia (1948) na recensão Mlle. Gulliver en Amérique (1962);
– McCarthy escreveu um extenso e muito meditado texto sobre Portugal em “Carta de Portugal“. Beauvoir tem muitas referências a Portugal, conheceu o país aquando da estadia da irmã. (Detalhes da relação de Simone de Beauvoir com Portugal aqui.)
Anúncios

Read Full Post »

A burguesia temeu muito esses casais, por motivos diferentes, não há a menor dúvida. Bonnie Parker (1910-1934) e Clyde Barrow (1909-1934) nasceram mais ou menos na mesma época em que Simone de Beauvoir (1908). Ficaram famosos por assaltar bancos e postos de gasolina na década de 1930 nos EUA. Simone e Sartre optaram por outras formas de desafiar a classe abastada. Essa atitude de desafio à classe abastada conta aqui tanto quanto a semelhança das fotos. (Reparem nas roupas das duas mulheres e nas mãos nos bolsos dos dois homens. Secretamente, delirantemente, gosto de pensar que essas fotos foram tiradas em algum momento muito próximo no tempo, talvez no mesmo mês e ano. Mas isso são só devaneios.)

Bonnie Parker e Clyde Barrow, data desconhecida entre 1930, quando se conheceram, e 1934, quando foram assassinados pela polícia.

Simone de Beauvoir e Jean-Paul Sartre no Memorial de Balzac, data desconhecida por volta dos anos 1930. Eles se conheceram em 1929.

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: